Logo

O novo normal para o setor de eventos não ia durar

A pandemia assolou o mundo no começo de 2020, quando a Organização Mundial de Saúde alertou o planeta acerca do novo vírus. Por essa razão, a sociedade entrou em lockdown, quarentena, buscando se proteger das infecções de covid-19. Inúmeras empresas foram prejudicadas. O setor de eventos, por exemplo, foi o que teve um maior prejuízo.

As pessoas pararam de frequentar bares, casas de show e festivais. A diversão passou a ser caseira, em suas residências, o que resultou na demissão de inúmeros colaboradores do setor de serviços

Os eventos passaram a ser esporádicos. Houve casos de celebrações feitas em carros, em um estacionamento. As comemorações de aniversário, por exemplo, passaram a ser celebradas com apenas alguns convidados, dentro de suas residências. Neste tempo, era difícil encontrar uma saída para a crise.

As cidades mais importantes do país, incluindo Curitiba, fecharam as portas de várias empresas do setor de serviços. As pessoas passaram a ir apenas ao supermercado, quando muito. O setor de eventos, se viu acuado e sem perspectivas.

Retomada do setor de eventos   

No meio da pandemia, parecia que a quarentena não iria acabar.As vacinas ainda não haviam sido criadas. As pessoas não iam mais à festas e comemorações. Muitos empresários acabaram por amargar prejuízos e fecharam as portas.

Em 2020, as medidas restritivas chegaram a atingir 97% do setor de eventos. Foi uma calamidade, visto que ele movimentava cerca de 270 bilhões de reais anualmente e era responsável por 4.32% do PIB nacional. Estima-se que mais de 350 mil eventos foram cancelados em 2020. 

Entretanto, esse novo normal, das pessoas em quarentena, não era visto, por alguns, como algo que iria durar para sempre. A vacina um dia iria chegar e a vida poderia retornar ao que era antes. Dessa maneira, muitas empresas passaram a investir mais em seus negócios, a fim de se prepararem para o futuro, para a retomada econômica.

O Brasil recebeu no início de 2021 suas primeiras vacinas. Dessa forma, as pessoas ganharam imunidade e o lockdown foi se tornando mais brando. Com a proteção que a vacina oferece, bares, casas de shows e festivais retornaram às suas atividades, de modo que a economia do país acabou por se fortalecer.

Quem apostou que o novo normal para o setor de eventos não iria durar, acabou tendo uma maior vantagem na retomada econômica. O potencial de crescimento dessas empresas tornou suas marcas mais fortes e apresentaram ganhos consideráveis, não apenas retornando às suas atividades, mas mantendo um maior lucro.

Morgot Produções – Show Xamã Curitiba/PR 27/01/2022 ( Sold Out – Parceiro Myniver )

MyNiver

A MyNiver é uma Martech de entretenimento que apostou que o setor de eventos iria voltar, não só a seus antigos patamares econômicos, como também teria um grande crescimento. Ao se preparar para uma retomada, ela tem oferecido a seus usuários serviços exponenciais, relacionados às celebrações de aniversários, de forma planejada e organizada.

Com sua visão estratégica, a empresa se preparou para a retomada do setor de eventos e oferece em sua plataforma, inúmeras facilidades para quem deseja comemorar, celebrar os aniversários, nos melhores estabelecimentos da região.

A empresa sempre soube que o novo normal para o setor de eventos não iria durar,  e apostou todas as suas fichas em sua plataforma de aniversariantes. Os usuários do site aumentam dia a dia, houve um crescimento de 50% no público do site. Sua marca está fortalecida e tem recebido um grande engajamento de seu público.

Dessa maneira, a MyNiver vem se sobressaindo no setor. Atualmente, a Startup levantou cerca de 100 mil reais de receita, a um único cliente, em 30 dias de imputações na plataforma. Houve um aumento de 35% de seu público e a plataforma ganhou mais de 1.500 cadastrados no último mês, apenas por indicação.

Para se cadastrar na MyNiver, clique aqui. 

Entre em contato